O que fazer quando o Estado viola seus direitos?

CEDECA Ceará publica Manual para Vítimas de Violência Institucional com informações sobre como identificar uma violação de direito pelo Estado, o que fazer e como denunciar de forma segura. Clique e faça o download do manual

LEIA MAIS

Pelas RUAS do Jardim Tangará

Durante o 1°semestre de 2017, crianças e adolescentes que participam do Projeto RUAS – Cedeca Interlagos no Jardim Tangará fizeram uma vivência de reconhecer sua comunidade, a partir dos nomes das ruas e travessas, do mapa do bairro e de caminhadas com conversas, comparações e identificação de características do local.

LEIA MAIS

Desigualdade de renda no Brasil não caiu entre 2001 e 2015, revela estudo

A maior parte do crescimento econômico neste século foi apropriada pelos 10% mais ricos da população.

LEIA MAIS

Como fazer a escuta de crianças e adolescentes que sofreram violência?

Na escola, no posto de saúde, no serviço social, nas abordagens policiais… Como lidar com a violência contra crianças e adolescentes e como fazer uma escuta técnica desses casos de violação sem cair na revitimização?

LEIA MAIS

Em uma década, gravidez de meninas de 10 a 14 anos não diminui no Brasil

Quase 305 mil brasileiras de 10 a 14 anos que tiveram filhos entre 2005 e 2015, segundo o Datasus (banco de dados do Ministério da Saúde), que reúne os registros de maternidades e cartórios

LEIA MAIS

Índice de vulnerabilidade piora em São Paulo e outras três capitais

Para medir a vulnerabilidade social, o Ipea analisa características em três áreas: infraestrutura urbana, renda e trabalho e capital humano

LEIA MAIS

Revista íntima ainda acontece em 98% dos presídios paulistas

Levantamento da ONG Conectas aponta que apenas quatro unidades prisionais têm scanner corporal, mesmo depois de três anos de lei que exige colocação de equipamentos

LEIA MAIS

São Paulo: MP, Defensoria e entidades dizem que Programa Redenção é ineficaz

O Programa Redenção da prefeitura paulistana é aplicado a usuários de drogas, especialmente na região da Cracolândia. As entidades apontaram falhas como falta de alternativa à internação, inexistência de um projeto terapêutico individualizado, falta de profissionais nas unidades de saúde, ociosidade dos pacientes durante a internação e falta de acompanhamento após a desintoxicação

Como abordar o tema da diversidade com crianças?

Na Carta Educação Por que nascemos diferentes? A pergunta disparadora deu início ao bate-papo entre a autora de livros infantis Janaina Tokitaka e a colunista Laerte no dia 19 de agosto, em evento produzido pelo Carta Educação em parceria com o selo Boitatá da editora...

Jaraguá é Guarani: indígenas marcham pelo direito à terra

Nesta quarta-feira (30 de agosto), às 17hs, indígenas convocam um ato coletivo na avenida Paulista, em frente ao MASP), em defesa da demarcação de terras e contra o marco temporal (projeto que estabelece a Constituição de 1988 como marco para reconhecimento de territórios ancestrais).

Jovens podem cair em ‘limbo irreversível’ no Brasil, diz economista

No momento em que deveria aproveitar suas últimas décadas de população predominantemente jovem e preparar-se para os desafios tecnológicos e sociais do século XXI, o Brasil está exterminando sua juventude em uma velocidade assustadora – negros, em especial, são as principais vítimas. Para os jovens brasileiros, é cada vez maior o risco de que o futuro esteja fadado a um quadro irreversível de “limbo”: trabalho informal, pobreza e sem repertório para mudar a realidade

O que fazer quando o Estado viola seus direitos?

CEDECA Ceará publica Manual para Vítimas de Violência Institucional com informações sobre como identificar uma violação de direito pelo Estado, o que fazer e como denunciar de forma segura. Clique e faça o download do manual

Pelas RUAS do Jardim Tangará

Durante o 1°semestre de 2017, crianças e adolescentes que participam do Projeto RUAS – Cedeca Interlagos no Jardim Tangará fizeram uma vivência de reconhecer sua comunidade, a partir dos nomes das ruas e travessas, do mapa do bairro e de caminhadas com conversas, comparações e identificação de características do local.

ÁLBUM EM DESTAQUE

Com a proposta de debater a cidade a partir da ótica da infância, da adolescência e da juventude, entre os dias 10 e 14 de julho, o CEDECA Interlagos promoveu o SEMANCA 2017 – Semana de Mobilização dos Direitos da Criança e do Adolescente, com o lema “Crianças e Adolescentes em Luta por Diretas e Direitos”. Uma comissão formada por trabalhadores, trabalhadoras e adolescentes atendidas pela organização elencou cinco pontos de discussão: Questões de Gênero; Violência Comunitária; Educação; Uso abusivo de álcool e outras drogas; e Cultura Periférica

SEMANCA 2017

18 anos de atuação

Circo Escola Grajaú

INSCREVA-SE!

Fortalecimento de vínculos

SAIBA MAIS!

Garantia de direitos

CONHEÇA!

Violência contra crianças e adolescentes

DENUNCIE!

CLIQUE E BAIXE O APLICATIVO

PRÓXIMOS EVENTOS

Abayomi Aba: vídeo mostra como foi a edição que abordou invisibilidade e sexualidade da mulher negra

...
LEIA MAIS

Sarau promovido por jovens do Marsilac discute questões de gênero; veja como foi

...
LEIA MAIS

Circo Escola Grajaú: crianças e adolescentes se apresentam em Mostra Cultural Pedagógica

...
LEIA MAIS

Mais de 60% dos presos do Brasil são negros: campanha debate racismo e seletividade penal

...
LEIA MAIS

CEDECA Interlagos abriga atividades do grupo de capoeira Guaraúna

...
LEIA MAIS

CEDECA Interlagos fortalece ações do Dia de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

...
LEIA MAIS