No Consultor Jurídico

“Adotar adolescentes e crianças com mais de 7 anos é a maneira mais rápida de realizar o seu sonho de ser pai ou de ser mãe.” Essa é a resposta do Tribunal de Justiça de São Paulo aos mais de 38 mil pretendentes à adoção existentes no Brasil, segundo dados da própria corte.

A “dica” faz parte do projeto Adote um Boa Noite, que incentiva a adoção de crianças maiores de 7 anos de idade. Atualmente, o Brasil tem 5 mil crianças e adolescentes na fila de adoção.

A iniciativa é gerida pela Corregedoria-Geral da Justiça de São Paulo. Segundo o corregedor-geral, o desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, durante o Encontro de corregedores-gerais, que aconteceu semana passada em Salvador, o projeto vai ser implantado em todos estados.