Projeto Oficinas

img_89861

O Projeto Oficinas foi fruto de uma parceria do CEDECA Interlagos com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania com o objetivo da promoção e defesa dos direitos humanos da população em situação de vulnerabilidade social. Utilizando-se da Metodologia RUAS (Resistência Urbana e Atitude Social), por meio de oficinas lúdico-políticas, o Projeto preconiza a articulação de rede e o protagonismo dos sujeitos atendidos.

Contava com uma equipe composta por educadores sociais em direitos humanos, oficineiros e coordenação com distintas formações. Trata-se de uma tentativa de integrar diferentes saberes em uma atuação comum que considera o olhar político, a perspectiva histórica, a escuta do sujeito e o recurso da arte. Esse exercício da transdisciplinaridade  ajuda a construir o que chamamos de uma abordagem em direitos humanos.

Durante sua vigência, o projeto atuou no Complexo de Acolhimento Zaki Narchi e na região da Luz, onde se inseriu no Programa Intersetorial De Braços Abertos da Prefeitura de São Paulo. Nestes locais foram realizadas reuniões de rede, mobilizações intersetoriais, escuta dos sujeitos inseridos nesta realidade (trabalhadores e usuários), recolhimento de depoimentos, oficinas de fotografia, lambes, graffiti, fanzine e dança. A partir das demandas que surgem dos territórios, criamos ações específicas que vão desde a construção de um bloco de Carnaval, da celebração do dia da Consciência Negra, da festa junina ou do Natal, até a construção de objetos úteis aos locais de atuação.

Também o recurso da brincadeira comparece aqui, facilitando mudanças nos territórios, mudanças estas que só podem acontecer à medida que consideramos os atores locais como agentes políticos de sua realidade.