Jovens com pais presos são mais vulneráveis ao tráfico, dizem especialistas

...
LEIA MAIS

UNICEF: Brasil tem 5ª maior taxa de homicídios de crianças e adolescentes do mundo

...
LEIA MAIS

Moeda eleitoral?: Proposta que reduz maioridade penal deve ficar para 2018

...
LEIA MAIS

Especialistas criticam redução da maioridade penal

...
LEIA MAIS

43 mil adolescentes podem ser vítimas de homicídio nos grandes municípios brasileiros entre 2015 e 2021

...
LEIA MAIS

Para 79% da população, o Estado tem o dever de reduzir as desigualdades

O estudo também coloca em xeque a tese de que o brasileiro é contra os impostos em qualquer circunstância. Embora a maioria rejeite a elevação de tributos para o conjunto da sociedade, 71% dos entrevistados se declaram favoráveis a aumentar a carga para os “muitos ricos”

atendimentodolescentes-150818012637-lva1-app6892-thumbnail-41

DENUNCIE

Em casos de suspeita de violência contra criança e adolescente, não se cale. Denuncie pelos canais:

Disque 100 Neste canal, quem denuncia não precisa se identificar

Conselho Tutelar Verifique abaixo endereços e telefones da unidade mais próxima de sua região

Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS Verifique abaixo endereços e telefones da unidade mais próxima de sua região

Conselhos Tutelares: Endereços e Telefones

Capela do Socorro
Rua Walter Pereira Correia, 12, Jd. Clíper

Conselheiros:

Gisele Calixto

Andrea Lima

Deise Daiane

Alex Silva

Claudia Moraes

Tel.: 5660-7731

Fax: 5667-4619

Cel.: 97283-6547 / 97283-6531

Grajaú I
Rua José Quaresma Júnior, 2
Conselheiros:
Fabionis de Souza Carvalho
Flavio Eugenio Cunha da Silva
Irene Jesus Meneses
José Antonio dos Santos
Zailde Santos
Tel.: 5925-1177 / 5924-3614
Fax: 5924-3922
Cel.: 97283-6697

Grajaú II
Rua Uva Natal, 402, Vila Natal
Conselheiros:
Alex de Arruda Teodoro
Dacilia Aparecida de Oliveira Melo
João Alves Vieira
Kátia Rosana Aquino dos Santos
Maria Madalena Rodrigues Batista
Tel.: 5925-8935 / 5925-8342
Cel.: 95413-8668/ 95413-8659

Parelheiros
Rua Nazle Nauad Lutfi, 169
Conselheiros:
Genivaldo Lima dos Santos
Ivania Menezes Vidal Bucher
José Marcolino da Silva
José Severino Gomes
Valdir Donisete Alves
Tel.: 5921-2546
Fax: 5921-9925
Cel.: 97283-6598 / 97283-6691

CREAS – Centro de Referência Especializado em Assistência Social

CREAS CAMPO LIMPO
Rua Landolfo de Andrade, 200 – Parque Maria Helena
Tel.: 5814-7483

CREAS M’ BOI MIRIM
Rua Miguel Luis Figueira, 16 – Jd. São Luiz
Tel.: 5891-3483 / 5891-3632

CREAS CAPELA DO SOCORRO
Avenida Senador Teotonio Vilela, 2394
Tel.: 5666-8494 / 5666-8940

CREAS CIDADE ADEMAR
Rua Francisco Teles Dourado, 137
Tel.: 5541-8235

CREAS SANTO AMARO
Rua Padre José de Anchieta, 802
Tel.: 5524-1305

CRAS – Centro de Referência de Assistência Social

CRAS CAPELA DO SOCORRO
Avenida Interlagos, 5980 – Interlagos
Tel: 5666-6860/ 5667-3244

CRAS GRAJAÚ
Rua Ezequiel Lopes Cardoso, 333 – Parque Grajaú

Tel: 5976-2595/ 5924-3244

CRAS PARELHEIROS
Rua Pedro Klein do Nascimento, 100 – Parelheiros
Tel: 5920-4162

guiaescolar2013-131226063320-phpapp02-thumbnail-41

Serviço de Proteção à Vítima de Violência (SPVV)

O CEDECA Interlagos executa em convênio com a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), o Serviço de Proteção a Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência (SPVV). Esse serviço é referenciado ao Centro de Referência Especializado da Assistência Social – CREAS da Capela do Socorro, e oferece um conjunto de procedimentos técnicos especializados por meio do atendimento social, psicossocial na perspectiva da interdisciplinaridade e articulação intersetorial, para atendimento às crianças e aos adolescentes em situação de violência doméstica, abuso ou exploração sexual, bem como aos seus familiares e, quando possível, ao agressor, proporcionando-lhes condições para o fortalecimento da autoestima, superação da situação de violação de direitos e reparação da violência vivida.

220720150743421

O SPVV está vinculado ao CREAS e mantém relação direta com a equipe técnica deste Centro, que deverá operar a referência e a contrareferência com a rede de serviços socioassistenciais da proteção social básica e especial e com o Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Conselhos Tutelares, outras Organizações de Defesa de Direitos e demais políticas públicas, no intuito de estruturar uma rede efetiva de proteção social, a crianças e adolescentes em situação de Violência.

Onde atuamos? Distritos da Capela do Socorro, Cidade Dutra e Grajaú (Zona Sul de São Paulo)

Como atuamos? Recebemos encaminhamentos pelo CREAS, Conselho Tutelar e Ministério Público. Trabalhamos em busca da proteção social, onde o foco está na família, que deve ser trabalhada por meio de atendimento psicossocial, orientação e acompanhamento permanente, individual ou em pequenos grupos, de tal forma que garanta proteção e inclusão social. As ações envolvem os diversos atores da região para que a rede de serviços possa trabalhar articuladamente, evitando a revitimização da criança e/ou adolescente e também de sua família, e garantindo o acesso aos equipamentos e serviços da região. Destaca-se também o desenvolvimento de ações de prevenção nos territórios na região da Capela do Socorro, Cidade Dutra e Grajaú, bem como articulação e mobilização da sociedade civil em geral para operacionalizar medidas de enfrentamento à Violência contra Crianças e Adolescentes, com ênfase no Abuso e Exploração Sexual.

Público alvo? De 0 a 17 anos e 11 meses (excepcionalmente até 21 anos), de todos os gêneros, vítimas de violência, física, negligência, psicológica, abuso e exploração sexual, bem como suas famílias.

Fotos

“Grupo de Prevenção a Violência nas Comunidades”

Grupo de Crianças e Adolescentes - 2016

para ver os demais álbuns de fotos, clique aqui